Seguro contra roubo e furto: como funciona este Seguro


Procurando por um seguro para seu carro, empresa ou residência? Independente do seu caso, nós podemos ajudar



Fale agora com um corretor

Seguro contra roubo e furto: como funciona

O seguro contra roubo e furto é uma ferramenta essencial para proteger o seu patrimônio, garantindo tranquilidade e segurança financeira em caso de incidentes desagradáveis.

O roubo e o furto são eventos imprevisíveis que podem afetar qualquer pessoa a qualquer momento.

Eles não apenas causam danos materiais, mas também podem gerar impactos emocionais significativos. Ter um seguro contra roubo e furto pode ajudar a minimizar esses impactos, proporcionando paz de espírito.

Neste artigo, vamos explorar como esse tipo de seguro funciona, destacando seus principais aspectos e benefícios.

 

Como funciona o seguro contra roubo e furto

O seguro contra roubo e furto é um contrato firmado entre o segurado e uma companhia de seguros.

Nesse contrato, o segurado concorda em pagar um prêmio regular, geralmente mensal ou anual, em troca da promessa da seguradora de indenizá-lo no caso de roubo ou furto do seu patrimônio segurado.

5 categorias de bens seguráveis

Os itens que podem ser segurados contra roubo e furto variam de acordo com a política da seguradora, mas geralmente incluem:

 

  1. Residência: isso pode incluir a cobertura de itens domésticos, como eletrônicos, joias, roupas e móveis
  1. Veículos: carros, motocicletas e bicicletas podem ser segurados contra roubo ou furto

 

  1. Equipamentos eletrônicos: itens como smartphones, tablets, laptops e câmeras também são frequentemente segurados

 

  1. Empresas: as empresas podem contratar seguro contra roubo de mercadorias, equipamentos e propriedades comerciais

 

  1. Outros bens: Além disso, alguns seguros permitem a cobertura de itens mais específicos, como instrumentos musicais, obras de arte ou colecionáveis

 

Cobertura e limites de seguros

O contrato de seguro também definirá a cobertura exata fornecida. Isso pode incluir:

  • Cobertura total: nesta cobertura a seguradora indenizará o segurado pelo valor total do item segurado, independentemente do seu valor de mercado no momento do roubo ou furto
Leia também:  Seguro de automóvel: 10 dicas para escolher o melhor

 

  • Cobertura específica: nesse caso a seguradora pode optar por cobrir apenas uma porcentagem do valor do item segurado, com base em seu valor de mercado
  • Limites de cobertura: o contrato também pode estabelecer limites máximos de indenização por evento. Por exemplo, se o limite for de R$10.000 e os bens roubados valerem R$15.000, o segurado será indenizado apenas até o limite estabelecido

 

  • Franquia: a franquia é o valor que o segurado deve pagar antes de acionar o seguro. Quanto maior a franquia, menor será o prêmio do seguro, mas maior será a despesa inicial em caso de sinistro

 

Documentação e prova de propriedade

Para fazer uma reclamação de seguro contra roubo ou furto, o segurado geralmente precisará fornecer documentação que comprove a propriedade e o valor dos itens segurados.

Os documentos que geralmente são solicitados pela seguradora são: recibos de compra, fotografias dos itens e relatórios policiais em caso de roubo.

 

Processo de sinistro

Quando ocorre um roubo ou furto, o segurado deve seguir um processo específico para fazer uma reclamação de seguro que geralmente envolve os seguintes passos:

 

  • Relate o incidente às autoridades policiais e obter um boletim de ocorrência, que servirá como prova do crime

 

  • A seguradora deve ser informada imediatamente sobre o ocorrido. O segurado deve fornecer todos os detalhes do incidente e seguir as instruções da seguradora para fazer a reclamação

 

  • Forneça à seguradora todos os documentos necessários, como relatórios policiais, recibos de compra, fotografias e qualquer outra prova de propriedade

 

  • A seguradora avaliará a reclamação, verificando se o incidente está coberto pela apólice e se o valor reivindicado é razoável

 

  • Se a reclamação for aprovada, a seguradora indenizará o segurado de acordo com os termos do contrato. Isso pode ser feito por meio de pagamento em dinheiro ou substituição dos itens roubados
Leia também:  Perda total do veículo: em quanto tempo a corretora é obrigada a ressarcir?

 

Benefícios do seguro contra roubo e furto

Em caso de roubo ou furto, o seguro oferece uma rede de segurança financeira, garantindo que o segurado seja indenizado pelo valor dos itens perdidos e isso ajuda a evitar perdas financeiras significativas.

Além disso, saber que seus bens estão protegidos por um seguro proporciona paz de espírito pois significa que o segurado pode se sentir mais seguro em sua casa ou ao usar itens valiosos em público.

Também, o seguro agiliza o processo de recuperação, permitindo que o segurado substitua itens roubados ou furtados rapidamente, sem se preocupar com os custos envolvidos.

E as apólices de seguro podem ser adaptadas às necessidades individuais do segurado.

Sendo assim, você pode escolher cobrir apenas os itens mais valiosos ou estender a cobertura a todos os bens de sua propriedade.

Muitos contratos de aluguel e financiamentos exigem que o locatário ou mutuário tenha um seguro contra roubo e furto para proteger o bem alugado ou financiado.

Nesses casos, ter esse seguro em vigor garante que o segurado esteja em conformidade com esses requisitos.

Por esses motivos, o seguro contra roubo e furto desempenha um papel fundamental na proteção do seu patrimônio e na promoção da sua tranquilidade.

Com a cobertura certa, você pode contar com a segurança financeira em momentos difíceis e evitar perda total do seu bem.

Não se esqueça que somos fiscalizados pela Susep ( Superintendência de seguros Privados) que faz parte do governo Federal e damos todas as garantias aos nossos clientes

Para fazer a cotação de seguro clique aqui

 

Avaliação: post


contato seguro
plugins premium WordPress