Planos odontológicos empresariais: entenda a importância e aplicações

plano odontologicoMuitos empresários consideram a oferta de um plano odontológico empresarial para seus colaboradores um gasto, quando, na verdade, trata-se de um investimento que trará retorno tanto na produção quanto na qualificação da empresa. 

Oferecer um benefício para os colaboradores mostra que a empresa se importa com a saúde e bem-estar do seu colaborador. 

Assim, o seu trabalhador se sente valorizado e, portanto, valoriza o emprego que tem, aumentando o seu compromisso na produção durante o serviço.

Com a melhora na produção e valorização do emprego, o nível dos colaboradores também é elevado, bem como o compromisso com a ampliação do desenvolvimento.

Assim, há o acompanhamento da elevação do empreendimento e da credibilidade da empresa. Portanto, apenas os melhores irão querer atuar naquele estabelecimento, melhorando e otimizando o processo de seleção.

Além disso, os colaboradores conseguem manter sua saúde do corpo, da mente e bucal em dia, evitando ausências por conta de consultas emergenciais ou repouso por conta de procedimentos cirúrgicos e afins.

Mais ainda, o benefício do plano odontológico empresarial pode ser descontado no Imposto de Renda, o que trará maior economia na declaração, sendo vantajoso, mais uma vez, para a empresa.

Ao falar em economia, outro motivo para uma empresa oferecer o benefício do plano odontológico empresarial é que ele tem baixo custo, além de poder ser descontado no imposto/folha.

Com o plano, o colaborador também pode avaliar a possibilidade de dependentes, no caso familiares, que podem utilizar os serviços nos consultórios, para também realizarem uma consulta. 

Afinal, o preço que o colaborador irá economizar com isso é significativo e, ao mesmo tempo, isso tem um custo baixo para a empresa, favorecendo toda a família e demonstrando o cuidado geral com o colaborador.

Portanto, depois dessas explicitações, pode-se dizer que oferecer o plano odontológico empresarial pode sim ser considerado um investimento para uma empresa. 

Importância de um plano odontológico

O plano odontológico não é mais tratado como luxo ou algo do tipo, sendo tão necessário quanto um plano de saúde médico. Prova disso é o crescimento das contratações dos planos relacionados à odontologia no Brasil.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde (ANS), o número de beneficiários de planos odontológicos, no Brasil, bateu recorde em 2019, chegando a 24,6 milhões, aumentando cerca de 25% desde 2014. 

Nos últimos meses de 2019, também houve o aumento no número de beneficiários em 6,5%, enquanto os planos médicos estagnaram. 

Nos últimos anos, não só a questão funcional tem sido motivo de procura das pessoas a planos odontológicos, como a estética também. 

O clareamento dental, por exemplo, se tornou uma febre entre os atores, cantores, esportistas, influenciadores e anônimos. Segundo o Conselho Federal de Odontologia (CFO), a procura pelo procedimento odontológico estético subiu em 30% no Brasil.

Isso porque o desejo por dentes mais “brilhantes” e aspecto limpo é algo crescente, sendo muito importante para a autoestima dos pacientes.

Inclusive, a questão estética já é tão importante que até 2019 mais de 6 milhões de tratamentos com o aparelho transparente foram iniciados no mundo, abrangendo 60 países.

Esse procedimento permite endireitar dentes tortos e má oclusão sem afetar a aparência do sorriso no rosto, sendo muito benéfico e bem quisto.

O que o plano odontológico empresarial cobre?

A cobertura dos planos odontológicos empresariais variam conforme os serviços contratados, que podem ir de limpeza e tratamento de cáries até cirurgias. 

Por isso, é importante ficar atento ao tipo de cobertura dentro da rede de atendimento. 

No entanto, o mais comum é que os planos odontológicos empresariais cubram:

  • Limpeza dental;
  • Tratamento de cáries;
  • Aplicação de flúor;
  • Cirurgias;
  • Tratamentos ortodônticos.

Os tratamentos, como a colocação de aparelho ortodôntico e cirurgias podem estar incluídos ou não, mas, no caso negativo, ele pode ser negociado com o profissional para ser feito como atendimento particular, avaliando possíveis orçamentos.

Portanto, é bom estar atento ao tipo de serviço que será contratado pela empresa e quais opções para pacotes, serviços adicionais e até se há disponibilidade de planos distintos para a escolha do colaborador que será atendido.

Assim como foi citado anteriormente sobre o clareamento dental, a odontologia também desenvolveu outro procedimento ortodôntico estético que consegue melhorar não só a aparência, como a funcionalidade do sorriso ao mesmo tempo. 

É o caso da lente de contato dental, que também tem sido um tratamento muito requisitado nos consultórios odontológicos. 

Contudo, sua realização pelo plano deve ser avaliada adequadamente, pois os planos mais básicos dificilmente abrangem tratamentos estéticos mais complexos.

Assim, a operadora pode ser contatada para avaliar a possibilidade de realizar tal procedimento.

Assim, em casos de necessidade  e desejo da realização de procedimentos, que podem afetar a saúde dos dentes, como o implante dentário, o tratamento pode ser avaliado junto ao plano e/ou consultório, estabelecendo os parâmetros para sua realização, como a realização de modo particular e a existência de reembolsos.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.

Leia também:  Plano de saúde vale a pena durante a pandemia?